Ir para a Navegação

Ronaldo e Mourinho em destaque na cerimónia de entrega dos Troféus MARCA de Futebol

Foram entregues durante esta manhã no Palácio Cibeles, na sede da autarquia de Madrid, os troféus do jornal diário desportivo espanhol MARCA da época de 2010/2011, troféus que reconhecem os máximos goleadores, guarda-redes, jogadores, treinadores e árbitros da Primeira e Segunda divisão.

Entre os troféus entregues destacou-se o que foi atribuído a José Mourinho, o MIGUEL MUÑOZ, entregue ao próprio por Alfredo Di Stéfano. Ao receber o troféu, José Mourinho confessou que não estava à espera de receber esta distinção e depois de referir que esta tinha sido uma temporada divertida e emocionante, comentou: “Espero que a próxima temporada seja mais tranquila, porque eu aprendo através das minhas experiências”. 

De seguida, Cristiano Ronaldo foi distinguido com o troféu PICHICHI, entregue ao próprio por Óscar Campillo, diretor do jornal MARCA, e por Antonio Fernández Galiano, conselheiro-delegado da Unidad Editorial.

Ronaldo referiu que este foi um grande ano para ele e agradeceu aos colegas, treinador, e a toda a equipa por terem contribuído para os resultados alcançados. Ao ser questionado sobre a possibilidade de ultrapassar o seu recorde de golos (41), o jogador disse: “No futebol nada é impossível. Acredito que se jogarmos em equipa poderemos ultrapassar esse número”.

O jornal diário desportivo MARCA é um dos principais clientes da Last Lap em Espanha.

Troféus da Primeira Divisão:

Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – Troféu PICHICHI, ao máximo goleador.

Víctor Valdés (Barcelona) – Troféu ZAMORA, ao guarda-redes menos goleado.

Álvaro Negredo (Sevilha) – Troféu ZARRA, ao máximo goleador espanhol.

Mateu Lahoz (Comité valenciano) – Troféu GURUCETA, ao melhor árbitro.

Jose Mourinho (Real Madrid) – Troféu MIGUEL MUÑOZ, ao melhor treinador.

Leo Messi (Barcelona) - Troféu DI STÉFANO, ao melhor jogador.

E da Segunda divisão: 

Jonathan Soriano (Barcelona B) – Troféu PICHICHI, ao máximo goleador.

Andrés Fernández (Huesca) – Troféu ZAMORA, ao guarda-redes menos goleado.

Jonathan Soriano (Barcelona B) – Troféu ZARRA, ao máximo goleador espanhol.

David Miranda Torres (Colegio catalán) – Troféu GURUCETA, ao melhor árbitro.

José Ramón Sandoval (Rayo Vallecano) – Troféu MIGUEL MUÑOZ, ao melhor treinador.